Quinta-feira, 17 de Abril de 2008

A importância do dérby na vida de José e Ezequiel

José Antunes, pedreiro de profissão,43 anos, residente em Leça da Palmeira e Ezequiel Feijó, padeiro de 42 anos, Cascais. O que têm estes dois homens em comum? Pouca coisa a não ser o facto de serem ambos do Benfica.

A noite começou de forma animada para ambos. O jogo entre o Benfica e o seu velho rival prometia uma boa dose de emoções fortes. Sentados em frente à televisão assistiram ao início do encontro com uma cerveja numa mão e optimismo na outra.

O primeiro grande momento da noite foi aos 19 minutos de jogo, quando Rui Costa marca o primeiro.  12 minutos depois foi a vez de Nuno Gomes aumentar a vantagem. Sem acreditarem em tantas facilidades, gritaram, saltaram, cantaram e aplaudiram a sua equipa.

Até que chegou o intervalo.

Antecipando uma noite de festa, Ezequiel pegou na sua camisola e cachecol e correu para o seu Fiat Uno. Planeava juntar-se aos outros benfiquistas que iriam comemorar a vitória no Marquês de Pombal. O seu velho carro não tinha rádio mas ele acreditava que o Benfica ainda iria marcar o terceiro golo. Não estava enganado.

Chegou a Lisboa uma hora depois. Estranhou ver alguns grupos de benfiquistas a caminhar em silêncio e de cabeça baixa. Apitou em tom de comemoração e fez o sinal de vitória com os dedos para eles. Pararam e olharam para ele como se estivessem a ver um extraterrestre. Ezequiel achou ainda mais estranho quando, depois de estacionar o carro, viu o Marquês de Pombal cheio de sportinguistas em delírio.

 “Estão em choque”, pensou Ezequiel. Aproximou-se de um grupo de sportinguistas de mais idade e perguntou: “Então, quantos marcou o Benfica?”

“3” – respondeu um deles.

“3? Eu sabia!! Grande Benfica!! 3 na corneta e logo em Alvalade!!”

Ezequiel não se lembra de muito mais da noite de ontem. A última coisa de que se lembra foi de alguém lhe ter dito que o Sporting tinha marcado 5 golos em pouco mais de vinte minutos. Acordou esta manhã no Hospital de Santa Maria depois de ter sido encontrado em coma alcoólico junto à estação de Metro da Avenida.

 

José Antunes teve mais sorte. Faleceu durante o intervalo do jogo com um súbito ataque cardiaco e não viu o que aconteceu na segunda parte. Morreu com a  felicidade do Benfica ter ganho por dois golos ao Sporting e estar na final da taça.

 

tags: ,

publicado por LuisM às 22:35
link do post | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Últimos Posts

. Maitê Proença pede descul...

. Patrick Swayze

. Pedido Especial

. Para o Dia dos Namorados

. PORT

. Feliz Natal

. Gogol Bordello

. NDRIVE S300

. E agora a Cultura...

. Aprendam...

.Links

.Arquivo

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

.subscrever feeds

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

SAPO Blogs
Em destaque no SAPO Blogs
pub